26 setembro 2016

Autoconfiança — palavra fundamental no vocabulário sentimental

Autoconfiança. Palavra que existe nos livros de auto-ajuda, nas falas das amigas, nos conselhos dos parentes, mas nunca em nosso vocabulário sentimental. Isso, criei esse nome agora. Quem nunca imaginou ter um vocabulário sentimental? Dentro desse livro imaginário só colocamos aquilo que nos cabe no momento, não existem regras e a qualquer momento podemos apagar palavras ou substituí-las por alguma melhor. Digo melhor porque me recuso a menosprezar o que se passa aqui dentro, nenhuma palavra pejorativa seria capaz de entrar no lugar de qualquer outra para me ferir, não hoje. 

Antigamente eu vivia substituindo palavras de conforto por palavras que me deixavam em dúvida do quanto eu era capaz e do quanto eu tinha meu valor. E é aí que a autoconfiança surge. Essa palavrinha pouco usada nos dias atuais é tão fundamental quanto respirar. Deveria ser ensinada desde que nascemos: Olha, você precisa ter autoconfiança para viver. No primeiro chorinho o médico deveria colar na nossa testa sem mesmo sabermos ler. Aliás, deveríamos tatuar no auge dos 18 anos para cada vez que nos olhássemos no espelho, garantirmos que ela não saísse de nós. 

Eu sei, metáforas sempre foram o meu forte. Mas é assim que aprendi a ser melhor para mim e, consequentemente, para os outros. É a essência de se gostar. Vem de dentro. Precisamos incorporar, mesmo não sendo espíritas (risos), a confiança que devemos atingir para seguir em frente. E essa só acontece se nós quisermos, não adianta ninguém ensinar. Só enxergamos a verdadeira autoconfiança com os desafios os quais a vida nos reserva. E diante de muita luta, é claro. Luta interior x luta exterior. Aquela entre o desejo de ser para si e o desejo de ser para o outro.

Foto Divulgação | Tumblr

A conquista que acalma o seu coração é tão preciosa que ninguém será capaz de ser contra você caso perceba o quanto é capaz de vencer com o amor-próprio. Pense nisso e voe!

Por Eduarda Iannuzzi

19 setembro 2016

Você não precisa ser o amor da vida de ninguém — não agora

Foto Divulgação | Tumblr

Queira alguém sem precisar pensar no depois, pense no agora. Há construção antes de "ser" e isso acontece sem prever. Não crie rótulos, não julgue e não culpe. Faça valer a pena cada minuto da sua vida e preencha o coração de quem amar. Não jogue, não prenda, não largue... Apenas fique! Você não precisa colocar peso, coloque intensidade. Não coloque intenção, coloque gratidão por poder se permitir estar. Conquiste todos os dias.

Para que você seja alguém para o outro é preciso que seja alguém para você mesmo. Volto a falar, pare de pensar muito e crie vínculos que jamais poderão ser esquecidos. Queira se tornar alguém melhor para você, se reinvente! Faça o outro enxergar que está de corpo e alma para se entregar ao desconhecido que quer conhecer. A vida passa e os momentos eternizam. Seja a pessoa que ficará marcada com carinho e comoção. Cuide-se e valorize quem puder. Viaje na companhia de...

Não torne as situações difíceis, elas sempre conseguem achar uma solução. Não espere, o momento pode não chegar. Haja como se você pudesse perder o melhor da sua vida hoje mais tarde. O tempo é curto e sentimentos não estacionam, eles ganham ou perdem força. E você que impulsiona isso. Desfrute do amor. Somos instantes, permaneça sempre. E você não precisa ser o amor da vida de ninguém, não agora. Mas faça valer a pena para se tornar.. Quem sabe depois desse texto você não descubra que é capaz? Dance sorrisos e tudo lhe favorecerá.

Por Eduarda Iannuzzi

12 setembro 2016

Com café e amor — permita que se derrame


Os dias que desejas passar serão com adoçante no "bom dia" e pimenta no "boa noite"? As horas que desejas sonhar, açúcar ou chocolate? Se queres viver a vida com café e amor é melhor apresar-te, tudo que é bom custa atenção e carinho...

Foto Divulgação | Tumblr

Se eu conjugasse os verbos desse modo soaria mais elegante? Bom, você pode estar se questionando sobre isso ser um mero detalhe. Acertei? Mas veja como esse simples "detalhe" fez toda diferença e deu um tom mais romântico as palavras. Se quiser, leia de novo. Bom, aí está a grande fórmula do amor e que a cada dia que passa morre no coração das pessoas.


Cada ser é um universo e cada universo pertence as suas vivências. Por isso chore quando for preciso, lute quando desejar muito, sorria com verdade, tente solucionar o improvável, desvende o impossível, e, com toda a entrega de sua fé, creia que para acontecer basta querer. Ninguém tira o que for pra ser teu e ninguém afasta o que Deus colocou no seu caminho.



Tudo está na importância que você dá, e, principalmente, na sua postura diante à vida. Não queira se tornar um café amargo! Ferva a água e confie que o mundo pode ser um amor quentinho na sua xícara preferida! E ao te perguntarem se prefere aquele "bom dia" ou "boa noite", permita que se derr(ame).



Abre mais uma comanda aí, por favor!

Por Eduarda Iannuzzi

07 setembro 2016

O abraço que eu nunca te disse — mas te dei


Te quis num abraço, te quis num princípio de laço, te quis por segundos e pela vida inteira. Te segurei em meus braços e todos os nós viraram pronomes que conjugamos no plural. Nós amamos por um instante e também nos amamos por um universo que parecia não ter hora para acabar. Frações de minutos eternizadas, sentimento mútuo significando tudo.


Te tive como meu amor, te abracei como se fosse a última forma de te demonstrar o meu interior e te amei como te quis. Suas palavras em silêncio me disseram tudo, seu cheiro acertou o coração e sua respiração me manteve próxima da sua alma. Aquilo parecia sufocar! Que sorte a minha...

Divulgação | Filme The Last Song


Logo depois você sorriu e mostrou que a felicidade cabia dentro de um abraço. E isso só nós dois sentimos. Abraço esse que eu nunca te disse, mas hoje, fiz questão de declarar. Foi tanto, foi tudo, foi nosso... E pode ser o quanto quisermos. Sempre.

(Por Eduarda Iannuzzi)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...