07 setembro 2016

O abraço que eu nunca te disse — mas te dei


Te quis num abraço, te quis num princípio de laço, te quis por segundos e pela vida inteira. Te segurei em meus braços e todos os nós viraram pronomes que conjugamos no plural. Nós amamos por um instante e também nos amamos por um universo que parecia não ter hora para acabar. Frações de minutos eternizadas, sentimento mútuo significando tudo.


Te tive como meu amor, te abracei como se fosse a última forma de te demonstrar o meu interior e te amei como te quis. Suas palavras em silêncio me disseram tudo, seu cheiro acertou o coração e sua respiração me manteve próxima da sua alma. Aquilo parecia sufocar! Que sorte a minha...

Divulgação | Filme The Last Song


Logo depois você sorriu e mostrou que a felicidade cabia dentro de um abraço. E isso só nós dois sentimos. Abraço esse que eu nunca te disse, mas hoje, fiz questão de declarar. Foi tanto, foi tudo, foi nosso... E pode ser o quanto quisermos. Sempre.

(Por Eduarda Iannuzzi)
0

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...